​A otorrinolaringologia certamente foi uma das especialidades médicas que mais cresceu e evoluiu tecnicamente nos últimos 20 anos. Conhecida pela população apenas como a especialidade que cuida do nariz, ouvidos e garganta, a otorrino hoje apresenta um campo de atuação muito vasto e diversas interfaces com outras especialidades médicas, como: neurocirurgia, neurologia, pediatria, geriatria, cirurgia plástica e cirurgia de cabeça e pescoço.

 

A formação básica em otorrinolaringologia é realizada através de treinamento em centros de ensino reconhecidos pelo MEC e/ou pela ABORL-CCF (Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial) com duração mínima de 03 anos, nos chamados programas de Residência Médica ou Estágios de Especialização. Anualmente, a ABORL-CCF realiza o concurso para obtenção de título de especialista visando ratificar a competência técnica dos otorrinos aprovados.


Após esse período de formação inicial, o otorrino pode aprofundar seus conhecimentos através dos cursos de sub-especialização (Fellowship) oferecidos em algumas instituições de reconhecida excelência acadêmica do país, como o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Sub-especialidades disponíveis no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP:

- Rinologia (Cirurgia Endoscópica Endonasal e Base do Crânio)
- Faringolaringologia
- Otologia e Neurotologia
- Cirurgia Crânio Maxilo Facial
- Cirurgia Plástica Facial
- Eletrofisiologia da audição e do nervo facial
- Foniatria
- Medicina do Sono
- Otoneurologia Clínica
- Otorrinolaringologia pediátrica     

// Especialidade 

© 2015 por Dr. Deusdedit Brandão Neto.